Sidebar

13
Qui, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Federação Nacional dos Conferentes e Consertadores de Carga e Descarga, Vigias Portuários, Trabalhadores de Bloco, Arrumadores e Amarradores de Navios, nas Atividades Portuários (Fenccovib) e a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) divulgam manifesto em favor da unidade das forças democráticas para derrotar o golpe e os retrocessos.

Confira o manifesto abaixo:

Companheiros e companheiras

Os Delegados sindicais presentes na PLENÁRIA NACIONAL DE PARANAGUÁ, realizada nos dias 12 e13 de setembro de 2018, por unanimidade, aprovaram a presente

MANIFESTAÇÃO

1 É inegável e evidente que a mídia conservadora, o empresariado e a direita em geral estão desesperados porque se vislumbra a existência de reais chances de eleição de candidato do campo progressista, no segundo turno.

2 Isto os preocupa porque se isto acontecer, haverá a esperança de ser revista a nefasta reforma trabalhista; de evitar uma reforma previdenciária nociva aos trabalhadores; de dizer “não” à “entrega” do patrimônio público; de fazer uma reforma tributária mais justa aos assalariados (taxando as grandes fortunas); de manter o combate à fome, a renda mínima e os programas habitacionais. E mais: poderão ser revogadas as atuais restrições orçamentárias para possibilitar uma nova política com mais recursos a serem destinados a investimentos em saúde, segurança e educação.

3 No caso dos Portuários, poderá ser conquistado definitivamente o mercado de trabalho para os TPAs nos Terminais de Uso Privado (TUP), bem como o avanço nos programas mais modernos de qualificação e aperfeiçoamento profissional de todos os trabalhadores do porto. Poderão também ser asseguradas a proibição da terceirização no trabalho portuário e a manutenção de outros direitos previstos na Lei 12.815/13, Lei 9.719/98 e Convenção 137. Haverá, ainda, espaço político para se evitar a privatização das administrações portuárias buscando a profissionalização de seus diretores e de demais gestores - e, assim, tornando-as verdadeiramente modernas, fortalecidas e eficientes. E, ainda, poderá ser conseguida uma solução definitiva para a preocupante questão que vem ameaçando a sobrevivência do Instituto de Previdência dos Portuários - PORTUS.

4 Cabe, contudo, alertar a todos que as forças reacionárias vão fazer de tudo para evitar a vitória de um candidato comprometido com os avanços acima. Por isso, conclama-se a todas as organizações sociais e trabalhistas, ao funcionalismo público em geral, a cada trabalhador do porto e família para que se mantenham unidos e empenhados na busca dessa importante VITORIA DO POVO DO BRASILEIRO!!!

Fraternalmente,

Paranaguá/PR, 13 de setembro de 2018.            

Fenccovib

FNP

0
0
0
s2sdefault