Sidebar

18
Qui, Out

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Puxado pelos aumentos da gasolina, do óleo diesel e da conta de luz, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial no país, acelerou para 0,4% em maio. As informações foram divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta (8).

De acordo com a pesquisa, a gasolina subiu 3,34% no mês passado e foi o item que mais contribuiu para o aumento da inflação. O óleo diesel apresentou alta de 6,16%.

Ainda em maio, a conta de luz subiu 3,53% na comparação com abril, por conta da mudança da bandeira tarifárias de energia para amarela, o que acrescentou na prática R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A energia elétrica contribuiu, dessa forma, com 0,12 ponto percentual da inflação do quinto mês. 

Assim, a alta do grupo Habitação -- que inclui a energia elétrica residencial -- acelerou de 0,17% em abril para 0,83% em maio, contribuindo com 0,13 ponto percentual para o IPCA. 

Em junho, a bandeira tarifária passou para vermelha patamar dois, o que acrescenta custo de R$ 5 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. Segundo analistas, a mudança vai contribuir para pressionar o índice de inflação no mês. 

Portal CTB -  Com informações das agências

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.