Sidebar

14
Qua, Nov

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (12) que subirá mais uma vez o preço da gasolina em suas refinarias. O reajuste será de 1,02% e vale a partir de hoje (13) e representa nova máxima histórica desde que a companhia passou a divulgar o preço médio da gasolina diariamente em seu site, em 5 de fevereiro

Com mais este aumento, o combustível acumula alta de 13,8% desde o dia 18 de julho, que foi quando começou o ciclo de altas no preço. Na semana passada o reajuste foi de 1,77%, segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP), e os preços ao consumidor estavam em R$ 4,52 por litro.

A medida é parte da nova política de preços da Petrobras, alinhada ao mercado internacional, que vem escorchando o consumidor brasileiro, com altas sucessivas dos combustíveis - e foi a principal causa da greve geral dos caminhoneiros que parou o país em maio passado.

No caso atual, o aumento foi pressionado pela elevação das cotações internacionais causada pela preocupação dos investidores com a chegada do furacão Florence nos EUA.

Desde que a companhia adotou o novo padrão de reajustes, em julho passado, os preços da gasolina já acumulam alta de 61%, extrapolando todos os índices oficiais de inflação registrados no país. 

Portal CTB com agências

 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.