Sidebar

11
Ter, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O índice de desemprego no Brasil foi de 12,6% no trimestre encerrado em fevereiro de 2018, com um aumento de 4,4%. Isso significa que, no período, 550 mil brasileiros (as) perderam seus empregos. 

No total, 13,1 milhões de pessoas estão desempregadas no país (contra 12,6 milhões no trimestre anterior). Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua.

A taxa de desemprego ficou maior do que a registrada no trimestre móvel encerrado em janeiro, de 12,2%, na segunda alta consecutiva após nove trimestres de queda. O índice, porém, ainda ficou abaixo do registrado em igual trimestre móvel do ano passado, de 13,2%.

A população fora da força de trabalho (64,9 milhões) cresceu 0,8% (ou mais 537 mil pessoas) em relação ao trimestre de setembro a novembro de 2017 e chegou ao seu maior nível na série histórica da PNAD Contínua, iniciada em 2012.

Carteira assinada 

O número de empregados formais, com carteira assinada, ficou estável frente ao trimestre anterior, mas no confronto com o trimestre de dezembro/2016 a fevereiro/2017 houve queda de 1,8% (ou 611 mil pessoas). 

Esse dado chegou ao seu menor nível na série histórica medida desde 2012. O número de empregados sem carteira de trabalho assinada (10,8 milhões) recuou 3,6% (menos 407 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior, mas subiu 5% (mais 511 mil pessoas) comparado ao ano anterior.

Portal CTB com informações da Agência de Notícias IBGE 

0
0
0
s2sdefault