Sidebar

15
Sáb, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os bancos têm sido, disparadamente, os maiores beneficiários da grave crise política e econômica que o país atravessa desde o golpe de 2016. Ano passado, as cinco maiores organizações bancárias em operação no país registraram lucro líquido de R$ 79,4 bilhões.

Após cinco rodadas de conversações da campanha salarial, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não apresentou nada de concreto. A enrolação está irritando os bancários. O clima na categoria é de revolta.

O presidente da Federação dos Bancários Bahia e Sergipe (FEEB - Base), Hermelino Neto, informou que a Fenaban pretende apresentar uma proposta global para a pauta de reivindicações dos bancários na reunião da próxima terça (7). O encontro acontece a partir das 10h, na sede da Fenaban, na capital paulista.

Ele informou que os trabalhadores do BB e da Caixa já chamaram assembleias para 8 de agosto em todo o país a fim de avaliar a proposta e patronal o indicativo de paralisação.

Fonte: FEEB-BASE

0
0
0
s2sdefault