Sidebar

11
Ter, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Nesta segunda-feira (9), a presidenciável do PCdoB, Manuela D'Ávila denuncia em suas redes sociais ter sido agredida em frente à sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso desde sábado (7). Manuela participa de manifestação em favor da liberdade de Lula. 

Assista à denúncia

Ela posta foto do suposto agressor e afirma que ele se escondeu na sede da PF. Versão confirmada pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Ele e Manuela se dizem preocupados com a segurança do ex-presidente. "Estamos preocupados com a segurança do presidente Lula. Queremos saber o que ele come, o que ele bebe. Então é importante saber se essa pessoa trabalha aqui dentro", diz o senador Lindbergh. 

Veja a explicação da presidenciável Manuela D'Ávila 

A pré-candidata à Presidência da República do PCdoB, Manuela D'Ávila, confirma essa preocupação do senador petista e diz que vai mover ação judicial para esclarecer o fato. “O problema é que essa pessoa em particular saiu da sede (da PF) e voltou para lá. Eu posso deduzir que ele é carcereiro. Precisa ser identificado" diz.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault