Sidebar

15
Sáb, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os jornalistas e escritores Mino Carta e Fernando Morais foram impedidos nesta quinta-feira (4) de visitarem o ex-presidente Lula, preso em Curitiba desde o dia 7 de abril. 

A visita teria sido proibida pelo próprio ministro e presidente do STF, Dias Tófolli, que também negou recentemente que Lula desse entrevista a jornalistas da Folha de SP.

Carta e Morais são amigos de longa data do ex-presidente Lula e a visita não tinha fins jornalísticos. 

"Estamos diante de uma Polícia Federal que tem de obedecer às ordens que chegam de Brasília e não podem fazer nada", disse Carta. 

Para Morais, o presidente do STF, Dias Tófolli, quer deixar claro quem é que manda no país. "Eles querem que fique claro quem é que manda no Brasil. O golpe fardado que nós dois vivemos agora é togado", afirmou.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault