Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Câmara dos Deputados realiza comissão geral na terça-feira (10) para debater os impactos dos desinvestimentos da Petrobrás na indústria nacional e as consequências na economia da Bahia e de Sergipe. Os deputados Daniel Almeida (PCdoB) e Caetano (PT), ambos da Bahia, pediram a comissão geral.

Na Comissão, representantes do Sindipetro-Ba denunciou o fechamento das fábricas de fertilizantes nitrogenados da Fafen-Bahia, localizada em Camaçari, e da Fafen-Sergipe, na cidade de Laranjeiras. A iniciativa faz parte do projeto de privatização liderado por Pedro Parente.

A Petrobras anunciou em março a desativação da Fafen até o final do primeiro semestre. O fechamento representará 550 postos de trabalho a menos para as duas cidades.

“A notícia da desativação das atividades das unidades da Fafen é preocupante, especialmente em razão das consequências para a nossa economia, mas, sobretudo no já combalido mercado de trabalho, uma vez que há possibilidade de mais de mil trabalhadores diretos perderem os seus postos de trabalho”, externou Almeida durante o debate.

Sobre a Fafen-BA

A Fafen-BA iniciou suas atividades em 1971, com foco na produção de fertilizantes nitrogenados. Os principais produtos da fábrica são amônia, ureia, gás carbônico e Agente Redutor Líquido Automotivo (Arla 32).

Sobre a Fafen-SE

A Fafen-SE entrou em operação em 1982. A unidade tem como principais produtos ureia fertilizante, ureia para uso industrial, amônia, gás carbônico e sulfato de amônio (também usado como fertilizante).

Portal CTB - Com informações da Câmara dos Deputados

0
0
0
s2sdefault