Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Rose Rainha, superintendente  de gestão e secretária do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) e Mariana Pires, assessora da secretaria, estiveram na sede da CTB, em São Paulo, nesta segunda-feira (28), para conversar sobre a participação de trabalhadores no Conselho do Sesi.

Rose explica que existem seis vagas para representantes da classe trabalhadora, além de seis suplentes. “A decisão de termos representantes dos trabalhadores no Conselho Nacional começou em 2007 com objetivo de aproximar mais o Sesi de quem trabalha na indústria”.

O Conselho Nacional do Sesi existe desde 1947 e conta com 37 integrantes. “O mandato dos representantes de trabalhadores venceu e nós estamos dialogando com as centrais sindicais e federações para escolherem novos integrantes”, diz.

Adilson Araújo, presidente da CTB, conversou com elas. Para ele, é importante dialogar com o setor produtivo nacional para a superação da crise. “A desindustrialização é prejudicial à classe trabalhadora e ao país, por isso o diálogo com o setor produtivo nacional é fundamental para a criação de políticas que revitalizem a indústria e a economia, com criação de empregos e justiça social”, finaliza.

Portal CTB. Foto: André Cintra

0
0
0
s2sdefault