Sidebar

13
Qui, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

É grande a expectativa para a quinta negociação com a Fenaban, nesta quarta-feira (1), em São Paulo. O Comando Nacional dos Bancários espera que a Federação Nacional dos Bancos avance nos debates e apresente uma proposta que contemple a pauta de reivindicações da categoria. 

A rodada deve dar um novo norte à campanha salarial, por isso é fundamental que todos estejam bem ligados. Em pauta, itens da pauta econômica, como reajuste salarial, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), piso salarial, vales refeição e alimentação.

Até agora, a Fenaban não garantiu nenhuma das demandas apresentadas pelo Comando. Os bancos não se comprometeram com a geração de emprego, negaram que façam demissão em massa, mesmo os números mostrando o contrário, e ainda que pratiquem o assédio moral.

Sobre o pré-acordo que visa garantir a ultratividade também não houve acordo e as empresas se negaram a assinar. Na prática, quer dizer que os atuais direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho só têm validade até 31 de agosto. Depois, nada mais está garantido. Por isso, o Comando Nacional dos Bancários iniciou os debates mais cedo. 

Sindicato dos Bancários da Bahia

0
0
0
s2sdefault