Sidebar

14
Sex, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Trabalhadores da Eletrobras – Distribuição Piauí – iniciaram à meia-noite desta quarta-feira (25) uma paralisação de 48 horas em protesto contra a privatização da distribuidora. O leilão da Companhia Energética do Piauí está marcado para esta quinta-feira (26).

De acordo com o sindicato, outras paralisações são realizadas por servidores de distribuidoras de energia dos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Rondônia e Roraima.

As companhias Boa Vista, Amazonas Distribuidora, Companhia de Eletricidade do Acre e Centrais Elétricas de Rondônia serão privatizadas em 30 de agosto. Atualmente, a venda da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) está suspensa por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Temos quatro ações ainda em tramitação na Justiça do Piauí, do Rio de Janeiro, em Brasília e no Supremo Tribunal Federal. Talvez ainda hoje ou amanhã teremos uma liminar suspendendo esse leilão”, disse Paulo Sampaio, presidente do Sindicato dos Urbanitários.

A categoria se reuniu diante da sede da empresa, no Centro de Teresina, para protestar contra a privatização. Segundo o sindicato, são 2800 trabalhadores paralisados em todo o estado.

“Apenas a parte administrativa está parada. O serviços essenciais, manutenção, operação e atendimento ao consumidor estão trabalhando”, disse Paulo Sampaio.

Portal CTB com G1 

 

0
0
0
s2sdefault