Sidebar

12
Qua, Dez

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O responsável pela quebradeira do equipamento de som, na manhã desta sexta-feira (4), no Acampamento Marisa Letícia, em frente à Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, foi identificado. O ataque ocorreu perto de onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é preso político desde o dia 7 de abril.

Veja como ele se aproveitou da distração dos acampados quando davam bom dia a Lula 

Foi o delegado da PF e militante da extrema-direita, Gastão Schefer Neto. Ele foi, inclusive presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal no seu estado e é suplente de deputado federal pelo Partido da República (PR).

Defensor do livre comércio de armas. Em sua campanha para a Câmara dos Deputados, em 2014, Schefer defendeu o porte de armas para os “cidadãos de bem”, a redução da maioridade penal e a violência contra os presos.

Em sua página de Facebook posta muitos ataques a Lula, ao MST, aos políticos que defendem o socialismo, aliás há um cartaz atacando os “socialistas” onde tem a foto de Fernando Henrique Cardoso, de Lula, da ex-presidenta Dilma Rousseff, do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) e de Adolf Hitler, entre outros. Pasmem.

Acompanhe a cara de pau do vândalo e a falta de ação da polícia 

Num ato de puro vandalismo, o delegado foi pego em flagrante pelos defensores de Lula. Schefer escapou de ser agredido pela pronta ação dos seguranças do acampamento.  Entregue à polícia, ele retorna ao local do crime com celular na mão, como se estivesse filmando, para intimidar os presentes, sem que a polícia interviesse.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault