Sidebar

17
Qua, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Logo após assistir à denúncia do Ministério Público ao ex-presidente Lula, ocorrida nesta quarta-feira (14), em Curitiba, o poeta cearense Hedezyo Maia compôs um cordel enumerando os benefícios trazidos pelas gestões de Lula aos brasileiros.

Antes de Lula e depois de Lula

A vida antes do Lula
Era dura no sertão
A maioria do povo
Nem sequer tinha feijão
Hoje depois do Lula
Come carne e macarrão.

Antes do Lula as jovens
Chance nenhuma elas tinham
De sonhar em faculdade
Só vinha para cozinha
Para trabalhar feito mula
Por isso a raiva do Lula
E a perseguição mesquinha

Qual era o filho do pobre
Que pensava em UNIFOR
Lá só entrava os filhos
Dos cabras de palito
Hoje lá tem onze mil
Depois do Lula o Brasil
É uma vitória só.

Hoje todo favelado
Consegue uma formatura
É só estudar um pouco
Para melhorar a figura
Isso o rico não aceita
Por isso tem a despeita
Desta grande criatura.

Essa grande criatura
É o querido Lulinha
Que foi o nosso presidente
Mudou a nação todinha
O rico com raiva encobre
Pois hoje não paga o pobre
Com rapadura e farinha

Se quiser uma doméstica
Pague e assine a carteira
Pois hoje as nossas mocinhas
De segunda a sexta-feira
Vem do sertão para a cidade
Pros bancos de faculdade
O rico queria ou não queira

Antes do Lula o pobre
No sertão andava a pé
Saía de manhazinha
Às vezes sem um café
Depois do Lula tem carro
Não suja os pés de barro
Hoje tem Chevrolet

O pobre mal tinha água
Hoje o pobre bebe suco
Lá pelo os anos oitenta
Parecia um maluco
Os homens da academia
Não aceita as melhoria
Do cabra do Pernambuco

O Lula nunca pegou
Lhe digo sem um esparro
O isqueiro de ninguém
Para acender um cigarro
O Lula nunca roubou
O Lula nunca desviou
Dinheiro para alugar carro.

A burguesia intocável
Não fala dos seus horrores
Não fala da VDP
Desses tais vereadores
Pro Lula eles têm espinho
Mais para o companherinho
O povo só tem as flores

E para telefonar
Para fazer uma ligação o pobre só conseguia
Se fosse para o orelhão
De casa já não sai mais
Ligação hoje ele faz
Às vezes sem precisão

Depois do Lula o Brasil
Melhorou até de mais
Antes do Lula o Brasil
Só caminhava para trás
Corrupção existia
E a federal não prendia
Do Fernando aos generais.

Lu-la-la
Brilha uma estrela
Lu-la-la
Uma verdade vou lhe contar
Estrela que Deus acendeu
E de presente nos deu
O homem não vai apagar.

antes do lula depois do lula

Autor: Hedezyo Maia 
Fortaleza – Ceará

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.