Sidebar

20
Seg, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os porto-alegrenses foram surpreendidos pelo encerramento da exposição “Queermuseu – Cartografia da Diferença na Arte Brasileira” neste domingo (10). A mostra que conta com a participação de 85 artistas, entre eles Lygia Clark, Alfredo Volpi e Candido Portinari, iria até o dia 8 de outubro.

De acordo com Silvana Conti, vice-presidenta da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil no Rio Grande do Sul (CTB-RS), a mostra continha 273 obras com o objetivo de refletir sobre as relações de gênero e as sexualidades.

Bastou isso para provocar a fúria do fascista Movimento Brasil Livre (MBL). Para eles, a exposição apresentava conteúdo impróprio e fazia apologia à pedofilia e à zoofilia. “Um total absurdo”, diz Conti.

Reagindo, inúmeras entidades da sociedade civil gaúcha marcaram para esta terça-feira (12), o Ato pela Liberdade de Expressão Artística e Contra a LGBTTFobia, com concentração às 15h30, à rua Sete de Setembro, 7, no centro histórico de Porto Alegre.

“Diante dos ataques sofridos pela exposição #QueerMuseu sediada no Museu Santander Cultural convocamos um ato público em defesa da liberdade de expressão artística, das liberdades democráticas e contra os retrocessos políticos que limitam o exercício de cidadania da população LGBTT”, escrevem os organizadores do protesto na página do Facebook onde se pode confirmar a presença (aqui).

As entidades reclamam da atitude do Santander Cultural que “agride a liberdade de expressão, a arte e os direitos humanos”, afirma Conti. “Essa atitude colabora para a cultura da violência, do ódio e da discriminação”, acentua.

De acordo com a sindicalista e ativista, o protesto reunirá diversas entidades do movimento social, ligados às questões de gênero e direitos humanos, assim como as centrais sindicais que entregarão um documento de protesto à atitude do Santander Cultural de “ceder aos ataques insanos” feitos pelo MBL à exposição.

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.