Sidebar

15
Seg, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Com uma pegada de irreverência, fazendo um protesto com alegria e criatividade contra as maldades do governo golpista, o Bloco Sai na Marra conquistou muitos foliões que lotaram cada desfile realizado pelo bloco desde o dia 4 de fevereiro. Com 17 anos de tradição na zona oeste de Fortaleza, o Sai na Marra realiza o seu último desfile de pré-carnaval neste sábado, 18/02, a partir das 17h. A concentração será na praça da Associação de Moradores do Bairro Ellery (Rua Almeida Filho). De lá, a banda segue em cortejo pelas ruas do bairro até chegar ao Polo de Lazer da Sargento Hermínio, onde é realizado o baile de carnaval, até às 22 horas. Na ocasião, serão premiadas as melhores fantasias de carnaval nas categorias Livre e Fora Temer.

Clipe viraliza nas redes sociais

Um clipe caseiro do desfile do Bloco Sai na Marra viralizou nas redes sociais nas duas últimas semanas, com cerca de 200 mil pessoas alcançadas e 77 mil visualizações. Na página do bloco no Facebook, Sai na Marra, há comentários de foliões de todo o Brasil. A marchinha, em defesa da previdência social e das aposentadorias, caiu na boca do povo. O jornalista Maurício Lima, o professor Alexandre Sousa e o publicitário e fundador do bloco, Flávio Arruda, são coautores da marchinha e estarão presentes no desfile. Assista abaixo:

Irmã Naumtema

A personagem do bloco que ganhou a simpatia dos foliões, sendo destaque na mídia local, volta a fazer suas previsões neste sábado para os foliões. É a Irmã Naumetema, que montará sua tenda para consultas na concentração do bloco até às 18h30. Ela já avisa: "Traz tudo de volta, menos a aposentadoria se a deforma da Previdência for aprovada". Folia com irreverência na medida certa. Confira trecho da marchinha de protesto contra o governo Temer e seu pacote de maldades:

“E não tem PEC nem pecado que me cale
Não tem tristeza que abale o meu cantar
O Sai na Marra tá na rua, vem meu povo
Vamos de novo, nosso bloco é popular”

Por Gilda Barroso

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.