Sidebar

21
Seg, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Cabrini iniciou o Conexão Repórter, deste domingo (11), perguntando para o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) se o enriquecimento dele “aconteceu através de propinas?” Cunha disfarça, tenta explicar, mas não explica nada.

Para muitos, o repórter do SBT deu uma lição de jornalismo, ao perguntar o que todos querem saber.  Foi um dos melhores programas jornalísticos dos últimos tempos”, diz Paulo Nogueira, editor do blog Diário do Centro do Mundo.

Assista o Conexão Repórter com a entrevista completa 

O programa exibido na véspera do julgamento de Cunha na Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar ao mentir sobre contas na Suíça. “O que sobraria de Brasília se o senhor contasse tudo o que sabe?”, insiste Cabrini. Sem resposta condizente.

Nogueira chama a atenção para outro aspecto importante da entrevista. Para ele, o jornalista do SBT foi melhor que o juiz Sérgio Moro. “Se Cabrini foi capaz de chegar a Claudia Cruz, como Moro pôde fracassar miseravelmente? ”.

“O que você pode falar sobre as contas no exterior, uma delas em seu nome?”, falou Cabrini para Cruz. Cunha tenta despistar dizendo que o objetivo da entrevista era ele e não ela. O jornalista insiste dizendo que ela poderia responder por ela.

O repórter insiste e pergunta: “Você é acusada de ter mantido uma vida de luxo, comprando roupas de grife com dinheiro de propina. O que você tem a dizer sobre isso?” Mais uma pergunta sem resposta.

Assista a parte com as perguntas à Claudia Cruz 

Marcos Aurélio Ruy - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.