Sidebar

19
Sex, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Bem no dia em que o julgamento final do processo de impeachment da presidenta Dilma, nesta segunda-feira (29), atinge a sua fase derradeira, a atriz Sonia Braga, do filme “Aquarius”, disse durante o Festival de Gramado, que “nunca é suficiente repetir que é golpe. Ter criado esse precedente foi um crime”.

Aliás, a obra de Kleber Mendonça Filho vem sendo perseguida pelo governo golpista de Michel Temer, desde que o seu elenco protestou no Festival de Cannes, na França, em maio, denunciando o golpe parlamentar-jurídico à democracia brasileira.

“Aquarius” coleciona prêmios; O mais recente foi o de melhor filme no Festival Mundial de Cinema de Amsterdã (World Cinema Amsterdam). A película que estreia no território nacional na quinta-feira (1º) se destaca no mundo, mesmo sob ataque dos golpistas no país.

Já o escritor Luiz Fernando Verissimo aconselhou-nos em sua coluna, no jornal O Globo, a evitar nos olharmos no espelho porque corremos o risco de “descobrir que nesta ópera o palhaço somos nós”, reafirmando que a farsa do impeachment é golpe.

Marcos Aurélio Ruy - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.