Sidebar

20
Seg, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O terremoto de memes e montagens que seguiu a apresentação da acusação da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula não ficou limitado às fronteiras brasileiras. Depois da apresentação vexaminosa do procurador Deltan Dellagnol, não houve quem não fizesse sua própria versão do agora lendário slide de acusação. No fim desta quinta-feira (15), a revista Forbes, tradicional porta-voz para o mercado financeiro dos Estados Unidos, resolveu entrar na brincadeira, e fez até sua própria montagem.

“Um slide em particular, com uma bagunça de flechas e balões incongruentes, deixou o Brasil histérico. Um dos balões, bizarramente, menciona ‘reações de Lula’ com uma flecha apontando para o balão ‘Lula’, o que confundiu muitos dos leitores do Powerpoint. O slide inclui até a palavra ‘proinocracia’, que não parecer ser uma palavra real”, escreve a revista.

O veredito dos jornalistas americanos não é bonito: “Com um design mais parecido com um tabuleiro de Banco Imobiliário do que qualquer outra coisa, ela tem todos os elementos essenciais de uma apresentação mal feita de Powerpoint: texto demais, um desenho confuso e desnecessário, flechas de causa incoerentes, palavras que precisam de hífens várias vezes para caber nos balões, e até o erro. Ela tem a enormidade de 14 flechas - 14 flechas! - o que, corrijam-me os juízes do Powerpoint se estiver errado, deve ser um novo recorde”.

A revista convida os próprios leitores a fazerem seu próprio slide de acusação, com o link para um gerador automático que algum espertinho disponibilizou na Internet.

CTB infografico em defesa do trabalhadorNós também não perdemos tempo e fizemos o nosso próprio slide de evidências sobre a CTB

Como nem tudo é brincadeira, ela explica que o motivo real da chacota foi o tom impertinente da apresentação, que tentou colar a pecha de criminoso em Lula ao mesmo tempo em que admitia a falta de provas sobre o caso. “É claro, a continuidade rigorosa da Lava Jato é a melhor esperança de combate à corrupção sistêmica no Brasil. A Câmara dos Deputados acaba de anular o mandato do ex-presidente Eduardo Cunha - um bom primeiro passo. Agora, a Lava Jato deve continuar no impulso de combater a corrupção em todos os partidos. O problema é que, se Lula é corrupto, esse fato deve ser provado em um processo legal justo”, analisa.

E conclui com a devida provocação: “O fato de que o processo legal mais crítico no Brasil neste momento esteja sendo apresentado por slides rísiveis de Powerpoint não exatamente ajuda a oferecer a credibilidade que ele precisa”.

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.