Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Rede Minas apresentou neste sábado (18), o programa Extra-Classe, do Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro-MG) com o tema Arte e Educação. “A gente não quer só comida”, diz Valéria Morato, presidenta do Sinpro-MG e da CTB-MG.

Ela explica que é necessário lidar com a emoção dos alunos para “fazer com que eles desenvolvam esse olhar sensível às coisas do mundo”. Isso porque vivemos num país onde a arte é pouco valorizada pelo poder público e exsitem grupos ruidosos que pretendem censurar artistas e professores, justamente para predominarem com suas teses de opressão a tudo o que representa liberdade.

Para o artista plástico e professor Gedeon Messias, “a arte é fundamental para o desenvolvimento de um aluno porque ela ajuda a pensar”. Enquanto Juliana Gouthier, artista e professora, a arte possibilita “construir uma educação que faça sentido par ao aluno, para os professores e que seja prazerosa”.

Assista o programa completo 

Já o ator e professor, Isaque Ribeiro acredita que o ensino de arte nas escolas leva os alunos “a explorar outras possibilidades de vida”. E essa experimentação os leva à “construção de sua voz”, sem manipulações.

Além de referendar a necessidade da arte na escola e na vida, o programa debate os ataques de grupos fascistas a diversas manifestações artísticas para criar ódio aos artistas entre as pessoas com pouca informação e assim provocar uma onda de violência que favorece o crescimento do fascismo.

 Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.