Fonte

O diplomata e ex-ministro Celso Amorim é um dos participantes do seminário internacional "A crise econômica global e o mundo do trabalho", que abre as atividades do 4º Congresso Nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB, que se realiza em Salvador entre os dias 24 e 26 de agosto.

Leia também: "Seminário destacará a importância da unidade classista", diz Divanilton Pereira

O chanceler brasileiro, que integrou os governos Lula e Dilma, abrirá o evento na próxima quarta-feira (24) em mesa com o tema "Globalização, direitos e democracia". Durante a tarde, lideranças sindicais internacionais se revezarão abordando outros aspectos da conjuntural mundial.

O líder sindical sul-africano Mzwandile Makwayiba, eleito no ano passado presidente da Federação Sindical Mundial (FSM) e diretor de um dos mais fortes sindicatos sul-africanos, debaterá os rumos do movimento sindical em tempos de crise econômica.

O presidente da CGTP de Portugal, Augusto Praça, e o brasileiro, diretor da Fundação Maurício Grabois e assessor da CTB, A. Sérgio Barroso, tratarão dos desafios do sindicalismo sob o impacto da 4ª revolução industrial mundial.

O alemão Peter Poschen, diretor da Organização Internacional do Trabalho no Brasil, falará sobre a crise mundial e o mercado de trabalho. Ele foi um crítico contumaz da reforma trabalhista e alertou durante audiência pública no Senado que o argumento de que o corte de garantias trabalhistas gera empregos não tem nenhum respaldo na experiência internacional.

Confira o convite e a programação completa aqui.

Portal CTB