Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O 17º Congresso da Federação Sindical Mundial (FSM) acontece em outubro desse ano na África do Sul e terá como símbolo oficial um cartaz feito pela designer do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro e colaboradora da FITMetal e CTB, Paloma Oliveira.

“Fui pega de surpresa quando a Luiza Bezerra (foto acima), representante da CTB em Atenas, me falou que estava na Exposição de cartazes da FSM e que 2 cartazes meus estavam sendo expostos. Foi assim que soube que a minha arte tinha sido a escolhida”, diz Paloma. “Fiz a arte para contribuir com a FSM, mas claro que a expectativa é sempre ganhar. Fiquei muito feliz quando recebi a notícia”, completa.

No ano anterior, ela havia ficado em segundo lugar na disputa do cartaz para o Simpósio de 70 anos da FSM. Na oportunidade, ela chegou a visitar a sede da entidade em Atenas, Grécia. “Estar na FSM foi uma grande experiência, principalmente pelo contato com entidades sindicais tão variadas, de cada canto do mundo. Sem dúvida foi uma experiência que só me fez ter mais conhecimento do trabalho que fazemos”, lembra.

concursocartaz1

(Na Grécia, Paloma Oliveira recebe prêmio do secretário-geral e do adjunto da Federação Sindical Mundial, George Mavrikos e Valentin Pacho, respectivamente)

A designer é formada pela UFRJ e há 5 anos trabalha no Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro. “Trabalhar para entidades ligadas aos trabalhadores é sempre um grande desafio. O importante é fazer com que a mensagem do Sindicato chegue ao trabalhador e ele a compreenda, provocando uma ação dele”.

Cartaz vencedor

Sobre o cartaz do 17º Congresso da FSM, Paloma explica que o maior desafio foi expressar dentro da logomarca a luta dos sindicatos e ao mesmo tempo fazer a ligação com o país sede do Congresso. “Procurei unir elementos que traduzissem isso, com as cores da África do Sul e o punho cerrado representando a luta dos trabalhadores”.

Fonte: FITMetal

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.