Sidebar

24
Dom, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB manifesta seu repúdio à nova lei de trabalho francesa aprovada esta semana e que segue para o Senado. A medida gerou inúmeros protestos e greves de diversas categorias por todo o país.

A reforma inclui medidas que concederiam mais flexibilidade às empresas para contratar e demitir trabalhadores, além disso também reduzirá o pagamento de horas extras além das 35 semanais. Também autoriza acordos diretamente dentro da empresa entre empregados e patrões, em detrimento dos acordos firmados por meio de convenções coletivas por categorias de trabalhadores, enfraquecendo assim as garantias coletivas dos trabalhadores, entre outras medidas anti-trabalhistas. 


Expressamos nosso total apoio à luta da classe trabalhadora francesa que segue firme nas ruas em defesa de seus direitos adquiridos e não vai aceitar esta reforma que só beneficia as empresas.  Respaldamos as manifestações e greves que seguem em mais de dez setores e reforçamos nossa solidariedade internacional com o povo francês. 

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.