Sidebar

19
Ter, Fev

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

“Nossa participação está sendo construída a partir de intenso debate sobre a conjuntura internacional e regional, em especial, levando em conta o resultados das eleições de 2018 e os saldos do golpe de 2016”, informou o Rogério Nunes, da direção nacional da CTB, ao confirmar presença da Central no evento que ocorre entre os dias 22 e 28 de fevereiro de 2019, em Caracas e pretende reunir cerca de 1.500 delegados e delegadas de movimentos e organizações populares anti-imperialistas, anti-capitalistas, anti-patriarcais e anti-racistas, de todas as regiões do mundo.

Nunes ainda salienta que “o encontro será uma importante oportunidade elaborar uma plataforma política e plano de ação comum do nosso campo político em nível
internacional e, assim, pavimentar a resistência contra a ofensiva da extrema direita no mundo e no Brasil”.

Ele informa que o serão 50 delegados e delegadas representando a América do Norte; 130 América Central; 290 América do Sul, sendo 50 brasileiros; 110 do Caribe. Além disso, Ásia será representada por 320 delegados e delegadas;  África Subsaariana 130; Oriente Médio 160; Europa 200.

whatsapp image 2019 01 18 at 14.13.44

 

whatsapp image 2019 01 18 at 15.26.19

 

whatsapp image 2019 01 18 at 13.31.23

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Últimas notícias