Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No último domingo (9), mais de 40 pessoas morreram e centenas ficaram feridas após explosões em duas igrejas cristãs no norte do Egito. Após os ataques, o presidente do país, Abdul Fatah al Sisi, anunciou o estabelecimento do estado de emergência.

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) emitiu uma nota em repúdio ao atentado.

Leia abaixo íntegra:

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), vem a público manifestar seu repudio ao atentado ocorrido neste Domingo 9 de abril, a duas Igrejas cristãs no Egito.

Repudiamos os incidentes que deixaram 44 mortos e mais de 100 feridos.

Incidentes como estes só promovem a intolerância religiosa e fomentam a violência que serve a interesses estrangeiros de criar o caos naquela região.

A CTB expressa sua solidariedade com as famílias das vítimas e com a classe trabalhadora egípcia.

Saudações fraternais e classistas

Adilson Araújo,
Presidente Nacional da CTB

Divanilton Pereira,
Secretário de Relações Internacionais da CTB e membro do Secretariado da FSM

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.