Sidebar

21
Qui, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Secretário-geral da FSM, George Mavrikos, e o dirigente cetebista Divanilton Pereira, eleito membro do conselho presidencial

Os dois últimos dias do encontro sindical mundial em Durban, na África do Sul, encerrado no sábado (8), foram marcados pela reeleição do dirigente grego George Mavrikos para a secretária-geral da Federação Sindical Mundial (FSM) e pela eleição de membros do conselho presidencial da federação.

O secretário de relações internacionais da CTB, Divanilton Pereira, foi eleito como membro do conselho e também integrante do secretariado da FSM.

 

“Tenho muito orgulho e quero agradecer ao conjunto desta direção, e conto com todos para honrar o nome de nossa central neste novo protagonismo internacional da CTB”, disse Divanilton.

 

Delegação da CTB reunida no encerramento do evento sediado no Centro Iinternacional de Convenções

O presidente nacional da CTB, Adilson Araújo, destacou a importância do congresso para fortalecer os laços de solidariedade da classe trabalhadora de todo o mundo e a ativa participação da CTB neste processo, que agora conta com a efetiva participação de Divanilton Pereira no conselho presidencial.

“Neste momento é muito gratificante poder contar nas fileiras da direção da FSM com a indicação de um quadro valoroso da CTB”. Para Araújo, o esforço da CTB  será sempre no sentido de trabalhar por uma agenda progressista e de enfrentamento à grave ofensiva neoliberal mundial:

"Vai ser muito bom somar no sindicalismo e contribuir na construção de uma agenda comum, de uma agenda que condene a crise que efetivamente crie condições para que a gente possa enfrentar o drama em que vivem milhões de trabalhadores”. 

Após uma caminhada de duas horas, que partiu do centro de convenções, próximo ao mar, em direção a uma região mais central da cidade, todas as delegações chegaram ao estádio de Currie Fountain, local que é um marco da luta do povo sul-africano contra o Apartheid.

Ali foi inaugurado um monumento em homenagem à história de luta da Cosatu, central sindical sul-africana, e se realizou o encerramento formal do 17º congresso da FSM.

O presidente da Cosatu, Sdumo Dlamini, e Mavrikos fizeram seus discursos finais de agradecimento e de reafirmação das palavras e lemas de luta que marcaram a jornada. Amandla! 

Natália Rangel, de Durban - Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.