Sidebar

21
Ter, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Trabalhadores e trabalhadoras do transporte de todo o mundo se reunirão em São Paulo, neste fim de semana (2 e 3), para traçar estratégias contra a privatização no setor que atinge vários ramos. Nesta sexta (1º/7) ocorreu a abertura do evento na sede do sindicato dos metroviários.

Após a execução de “A Internacional”, representantes das entidades sindicais deram as boas-vindas aos participantes e expressaram seu repúdio às políticas que acabam com os direitos da classe trabalhadora mundial.

O secretário adjunto de Relações Internacionais da CTB, José Adilson Pereira, falou em nome da central e levou o caloroso abraço do secretário-geral da Federação Sindical Mundial (FSM); George Mavrikos.

Segundo ele, com a crise mundial do capitalismo “é o momento fundamental para discutir a privatização”, ele denunciou ainda o golpe de Estado contra a presidenta democraticamente eleita, Dilma Rousseff. “Estamos em um governo golpista, interino e ilegítimo. Exatamente neste momento de crise (Michel Temer) veio com um pacote para tirar os nossos direitos e para privatizar as empresas nacionais”, denunciou o cetebista.

Durante sua intervenção, o portuário também destacou a importância de definir na atividade uma agenda de lutas dos povos em defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras em todo o mundo que são os mais atingidos pela crise.

Racismo

Antes de dar inicio à abertura oficial do encontro, denunciou-se que um participante do evento do Mali (África), foi preso ao chegar no Aeroporto Internacional de Guarulhos pela Polícia Federal. Os organizadores do encontro enviarão ao governo brasileiro uma carta em repúdio à ação preconceituosa e racista sofrida pelo Malês.

O evento segue com representantes da Europa, África, América e Ásia, com uma vasta programação.

Érika Ceconi - Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.