Sidebar

24
Dom, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Sob a liderança das centrais sindicais, entre elas a CTB, a classe trabalhadora brasileira realiza, nesta sexta-feira 28 de abril, uma greve geral em defesa dos direitos sociais e contra as mudanças na legislação trabalhista e na Previdência Social propostas pelo governo golpista liderado por Michael Temer. 

O Encontro Sindical Nossa América (Esna), que reúne sindicalistas de toda a América Latina e Caribe, manifesta sua ativa solidariedade aos trabalhadores e trabalhadores brasileiras e às lideranças sindicais que comandam o movimento.

Desde que assumiu o governo, por meio de um golpe jurídico-parlamentar travestido de impeachment, Temer e seus aliados estão empenhados na imposição de um projeto de restauração neoliberal que constitui uma séria ofensa aos direitos trabalhistas, à democracia e à soberania brasileira.

O propósito é destruir o Direito do Trabalho, inviabilizar o acesso às aposentadorias, reduzir as verbas destinadas à saúde, educação, habitação e infraestrutura, realizando um programa de austeridade e depreciação do trabalho para favorecer os interesses de banqueiros, capitalistas, latifundiários e multinacionais.

O Esna faz votos de que o êxito da greve geral seja completo e que o contundente pronunciamento da classe trabalhadora em defesa dos direitos, da democracia e da soberania ecoe com força no Congresso Nacional e altere a direção dos ventos políticos do país.

À luta para barrar o retrocesso. Fora Temer.

Encontro Sindical Nossa América 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.