Sidebar

21
Seg, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

No último domingo (2), os colombianos participaram de um plebiscito no país para ratificar o acordo de paz firmado entre o governo de Juan Manuel Santos e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), após quatro anos de diálogo.

Líder das Farc e presidente colombiano assinam acordo de paz

A população teve que responder a seguinte pergunta: “você apoia o acordo para o término do conflito e construção de uma paz estável e duradoura?”. Com uma taxa de abstenção de 63%, e contrariando as pesquisas de opinião, o “não” ganhou com 50,2%.

Após o resultado negativo, o presidente declarou que seguirá “buscando a paz até o último minuto de meu mandato, porque esse é o caminho para buscar um melhor caminho para nosso país”. Em pronunciamento, Santos afirmou que o cessar-fogo com a guerrilha segue vigente.

Por sua vez, as Farc emitiram um comunicado lamentando o ocorrido.

Leia abaixo a íntegra:


As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (Farc-EP) lamentam profundamente que o poder destrutivo dos que semeiam o ódio e o rancor tenham influenciado na opinião da população colombiana.

Com o resultado de hoje, sabemos que nosso desafio como movimento político é todavia maior e nos requer mais fortes para construir a paz estável e duradoura.

As Farc-EP mantêm sua vontade de paz e reiteram sua disposição de usar somente a palavra como arma de construção para o futuro.

Ao povo colombiano que sonha com a paz: conte conosco.

A Paz Triunfará!

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.