Sidebar

21
Seg, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Federação Sindical Mundial (FSM) inaugura, nesta sexta-feira (15), uma campanha internacional em solidariedade ao povo palestino para denunciar a agressão que o governo dos Estados Unidos cometeu contra aquele país ao reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

CTB condena decisão de Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel

“A FSM proclama uma semana de solidariedade ativa e militante com o povo heroico da Palestina”, diz a convocatória. A entidade sindical conclama a classe trabalhadora para organizar manifestações, durante toda a semana, contra a decisão do presidente estadunidense Donald Trump.

palestina es cartaz

Em São Paulo, organizações solidárias com a Palestina, farão um grande ato de repúdio ao governo Trump. Segundo a organização da iniciativa, os manifestantes se concentrarão a partir das 15 horas na Estátua do Borba Gato (Avenida Santo Amaro, 5700) e sairão em caminhada até o Consulado dos Estados Unidos. (Confira os detalhes do evento na página do Facebook). A CTB se soma nesta atividade.

“Para os povos de todo o mundo e para a Federação Sindical Mundial Jerusalém Oriental é a capital da Palestina, dentro das fronteiras de 1967”, conclui o comunicado. (leia aqui a íntegra).

A campanha se estende até a próxima quinta-feira (21) e contará com a participação de entidades sindicais em todo o mundo. 

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.