Sidebar

22
Qua, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A morte do líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, tem repercutido em todo o mundo. Diversas organizações sociais entre elas a CTB, lideranças políticas e intelectuais em toda a região, manifestaram seu pesar.

A Federação Sindical Mundial (FSM), divulgou uma nota no último sábado (26) em que lembra da participação de Fidel no 10º Congresso da entidade sindical.

Leia a íntegra do comunicado: 

Imortal  

A Federação Sindical Mundial (FSM) e nossos 92 milhões de filiados expressamos ao povo cubano, à Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC) e ao líder do Estado e do Partido de Cuba Socialista verdadeiras condolências do mais profundo de nossos corações pela morte do comandante Fidel.

Ele foi o líder que, junto com Che e todos seus camaradas, lutou e derrotou os imperialistas assim como seus instrumentos. Para a FSM, a honra maior foi a presença do Comandante Fidel em seus congressos e seu discurso significativo ante os delegados do 10° Congresso da FSM. Para a classe trabalhadora mundial ficará sempre imortal.  

Atenas, 26 de novembro de 2016

George Mavrikos, secretário-geral da Federação Sindical Mundial

Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.