Sidebar

19
Sáb, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Centenas de jovens dos países do Cone Sul estão chegando no estado de Vargas, na Venezuela, para o 5º Encontro Internacional da Juventude Trabalhadora da Federação Sindical Mundial (FSM) Cone Sul que começa hoje (26).

Juventude trabalhadora do Cone Sul convoca encontro na Venezuela

O dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (Sintaema), Anderson Guahy, representará a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) na atividade.

“Esperamos que essa união e articulação das entidades sindicais que compõem a FSM Cone Sul possa criar um movimento de resistência não só contra o golpe no Brasil, mas também contra a guerra econômica promovida pelo imperialismo na Venezuela, contra o desgoverno de Mauricio Macri na Argentina, contra os ataques do império na Nicarágua e na Bolívia e outras lutas”, declarou Guahy ao Portal CTB.

Para ele, fortalecer as organizações sindicais neste momento em que o fascismo volta a assombrar a América Latina é fundamental para impedir o avanço dessas ideias conservadoras que voltam a aparecer, principalmente, com a crise internacional do capitalismo.

Este será um dos eixos temáticos discutidos nas mesas de debates. Além da crise do capital, o fortalecimento dos mecanismos de integração, as perspectivas da juventude trabalhadora diante da restauração neoliberal e propostas do plano de ação e mobilização da juventude trabalhadora serão abordados durante os quatro dias de encontro.

Na opinião da secretária de Juventude da CTB, Luiza Bezerra, a quinta edição do evento, que ocorre em meio à uma conjuntura de ataques aos direitos sociais e trabalhistas, será muito importante para unificar as lutas da juventude e fortalecer a classe trabalhadora mundial.  

A programação conta também com uma visita ao Cuartel de la Montaña, museu histórico da Revolução Bolivariana, de onde Hugo Chávez dirigiu a rebelião no dia 4 de fevereiro de 1992. Hoje o local abriga o corpo do ex-presidente venezuelano.

Portal CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.