Sidebar

17
Qui, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Na última quinta-feira (31), data que marca os 52 anos do golpe militar no Brasil, diversas cidades em todo o mundo uniram à mobilização nacional em defesa da democracia e realizaram atividades em seus países para demostrar sua solidariedade e repudiar as tentativas de golpe na região.

Em cidades da Alemanha, Colômbia, Argentina, México, Dinamarca, Portugal, Inglaterra, Uruguai, França, Chile, Estados Unidos e Áustria ocorreram atividades. Confira como foram as manifestações internacionais em solidariedade ao Brasil: 

Santiago (Chile)

Na América Latina, diversos países promoveram protestos pela democracia brasileira e contra o golpe. Na capital chilena, Santiago, manifestantes afirmaram que o que se passa no país é, sim, um golpe. E defenderam: Dilma fica! A foto é de Juan-Pablo Pallamar.

chile1

Buenos Aires (Argentina)

Cerca de 150 argentinos e brasileiros marcharam nesta quinta-feira (31) pelo centro de Buenos Aires contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O ponto de encontro foi a embaixada do Brasil, onde militantes da Frente Para a Vitoria (da ex-presidenta Cristina Kirchner) entregaram uma carta de apoio a Dilma e  Lula. Os brasileiros levavam cartazes e gritavam: “Não vai ter golpe”. Foto da Mariana Lyrio, para os Jornalistas Livres

argentina1

Montevidéu (Uruguai)

Trabalhador@s, estudantes e sindicalistas realizam em Montevidéu, um ato em defesa da democracia no Brasil. A atividade foi promovida em frente à embaixada brasileira, após a cerimônia de abertura do 7º Encontro Sindical Nossa América (ESNA), que começou nesta quinta-feira (31).

Montevideu

Cidade do México 

Os mexicanos também mostraram seu apoio à democracia. Foto: Mídia Ninja 

mexico1

Londres (Inglaterra)

Em Londres, brasileiros enfrentaram nesta quinta um frio de 7°C para lutar pela democracia no seu país. A manifestação foi em frente à Embaixada do Brasil. Teve música contra ditadura, batucada e gritos do povo. Lideranças locais do movimento latino-americano também compareceram. As fotos são de Katucha Bento e Manoela Afonso.

londres92358

Viena (Áustria)

viena

Berlim (Alemanha)

O mundo se une contra o golpe. Em Berlim também tem mobilização pela democracia. Na foto abaixo, os manifestantes diante do histórico Portão de Brandenburgo. O cineasta Karim Ainouz denuncia o caráter sexista do golpe.

berlim92350

Barcelona (Espanha)

Manifestação pela democracia no Brasil toma as ruas de Barcelona na tarde desta quinta (31).

barcelona92356

Paris (França)

O pato amarelo da Fiesp virou piada no mundo todo. Na manifestação realizada em Paris, em defesa da democracia, ele estava lá, lembrando que a Fiesp também apoiou o golpe de 1964. as fotos são de Daniel Vasques e Flor Poznanski, Via Jornalistas Livres.

paris192349

Coimbra (Portugal)

Brasileiros que vivem em Coimbra também realizaram nesta quinta mobilização contra o golpe. Diversas cidades do exterior promovem atos nesta sexta-feira em defesa da democracia.

coimbra192332

 

Nova York  e San Francisco (Estados Unidos)

Em Nova York e San Francisco, nos Estados Unidos, grupos também foram às ruas dizer não ao golpe.

novayork

sanfrancisco

Com Agências 

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.