Sidebar

25
Sáb, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN) condenou, nesta quinta-feira (25), a ação violenta da polícia militar do Distrito Federal que reprimiu os mais de 200 mil manifestantes que protestavam em Brasília contra as reformas do governo  Michel Temer.

Leia abaixo a íntegra da nota:

A CGTP-IN condena a violenta repressão dos manifestantes do movimento Ocupe Brasília, quando estes se dirigiam pacificamente para o Congresso Nacional na capital brasileira, convocados pelas centrais sindicais deste país e pelo movimento popular.

Enfrentando uma crescente oposição dos trabalhadores e do povo brasileiro, Michel Temer, o homem que protagonizou o golpe no Brasil, mandou as Forças Armadas reprimirem o protesto que juntou mais de 150 mil manifestantes contra a alteração da legislação do trabalho e da previdência que o próprio presidente tem dirigido para impor o retrocesso brutal das condições de trabalho e de aposentação dos trabalhadores brasileiros.

Ao mandar reprimir o protesto de forma autoritária e ilegal, Temer procura a todo o custo permanecer no poder, tentando escapar às denúncias de corrupção que indiciam a prática de crimes graves e à exigência popular da sua renúncia imediata e de realização de eleições diretas para a Presidência do Brasil. Esta atuação coloca em claro confronto no Brasil aqueles que defendem direitos democráticos aos que, como Temer e os círculos do grande capital que ainda o apoiam, não hesitam em recauchutar os velhos métodos antidemocráticos que os brasileiros recordam do tempo da instauração da ditadura.

A CGTP-IN expressa uma vez mais a solidariedade dos trabalhadores portugueses aos trabalhadores e ao povo brasileiros, às centrais sindicais e ao movimento popular no Brasil, fazendo votos de sucesso nas suas lutas contra as reformas anti-laborais e anti-sociais e pelo exercício de direitos democráticos, nomeadamente de eleições diretas para a Presidência do Brasil.

Portal CTB, Foto: Mídia Ninja 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.