Sidebar

13
Ter, Nov

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em nota, divulgada na última semana, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag) avaliou que são grandes os desafios e riscos do país pós-eleições 2018.

Ao analisar as poucas propostas de Jair Bolsonaro, a Contag alerta para os riscos à democracia, à soberania nacional, aos direitos fundamentais para a classe trabalhadora e para a maioria do povo brasileiro, que sempre pautaram as lutas históricas da entidade.

"E nós, da Contag, nos preocupamos com essa postura no Executivo e no Legislativo brasileiro, pois representamos os agricultores e agricultoras familiares de todas as regiões, de todas as cores, culturas, credos e opiniões políticas", diz trecho da nota.

A nota ainda orienta que para garantir direitos, em especial dos assalariados e assalariadas rurais, de lutar pela reforma agrária e pelo fortalecimento da agricultura familiar, a Contag promete fortalecer o diálogo com a sua base e com as organizações que compõem a Frente Ampla Popular e Democrática para aprofundar a luta das pautas sociais, ambientais e trabalhistas e combater qualquer tipo de retrocesso.

"Como disse Pepe Mujica, 'não há derrota definitiva, nem triunfo definitivo. A vida é uma luta permanente com avanços e retrocessos'”, conclui a nota da Contag.

Jornal da CTB 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.