Sidebar

20
Seg, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Contag segue pressionando o Executivo, Legislativo e Judiciário do Brasil para que apresentem respostas concretas para o caderno de pauta do 21º do Grito da Terra Brasil. Nesta terça-feira (19), a Comissão de Negociação do GTB tem audiência com representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), às 16hs, e do Ministério da Justiça e do Planejamento, às 17hs.

Em 2015, o Grito da Terra Brasil traz como tema principal “Desenvolvimento Rural Sustentável com garantia de Direitos e Soberania Alimentar”. Teve início no dia 18 e vai até o dia 22 de maio, em todo o Brasil, unindo em um só grito cerca de 80 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais dos municípios, estados e Distrito Federal.

Alguns Atos do GTB 2015 já estão em curso, a exemplo da paralisação de Belo Monte no Pará, ocupação do INCRA em Rondônia e Paraná, manifestações no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. Outras 15 federações já confirmam mobilização do GTB 2015 para os dias 20 e 21 de maio: Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Piauí, Alagoas, Bahia, Ceará, Tocantins, Rondônia e Acre.

Em Brasília-DF uma equipe de negociação da CONTAG, formada pela diretoria, assessoria da Confederação, e aproximadamente 60 dirigentes sindicais de todo o Brasil seguem negociando a pauta do GTB junto aos Ministérios, Secretarias de Estado, Câmara de Deputados Federais e Senado. Ao todo já foram realizadas Audiências com 10 Ministérios, 5 Secretarias de Estado.

Já está marcada para esta quinta-feira (21), às 8h, no Plenário 2 do anexo II da Câmara dos Deputados Federais, o lançamento da Frente Parlamentar Mista da Agricultura Familiar e às 16h audiência com o Ministério de Relações Internacionais. Na sexta-feira (22) está confirmada Sessão Solene no Senado em reconhecimento aos 21 anos de realização do Grito da Terra Brasil. Ação estratégica do MSTTR, responsável direto por 80% das conquistas para a Agricultura Familiar brasileira.

Vale ressaltar que a pauta do 21º GTB apresentada para presidenta Dilma Rousseff no dia 15 de abril de 2015 traz um conjunto de reivindicações demandadas pelos agricultores e agricultoras familiares do campo brasileiro que permite criar uma agenda positiva para o crescimento da economia com distribuição de renda.

E isto passa pela ampliação do orçamento público e do investimento em políticas estruturantes para superar a pobreza, as desigualdades sociais e ampliar e universalizar os direitos, oportunidades e igualdade proporcionando aos trabalhadores rurais cidadania, dignidade e qualidade de vida.

Portal CTB



0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais