Sidebar

20
Sáb, Jul

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado da Bahia (Fetag-BA), realiza entre segunda-feira (11) e quinta-feira (27), em São Gonçalo dos Campos, a Oficina Estadual de Autoformação em Gestão Administrativa e Financeira. O encontro reúne um público de 40 pessoas entre elas a direção executiva da Federação, as coordenações regionais, assessoria, dirigentes de pólo e delegacias sindicais e educadores populares da rede de formação da Enfoc.

A Oficina Estadual de Autoformação em Gestão Administrativa e Financeira teve início na segunda-feira (11) com o credenciamento e acolhimento dos participantes. Em seguida, a direção da Fetag-BA e a rede de educadores realizaram a explanação da importância do encontro. Ainda durante a manhã, teve uma análise da conjuntura política vigente no país.

fetag ba oficina

No primeiro momento da programação da oficina foi colocado o tema: Programa Nacional de Fortalecimento das Entidades Sindicais – PNFES, discutido pela mediadora, Mércia Porto, que realizou um resgate da importância das ações desenvolvidas no estado pelo PNFES para garantir estratégias de atuação político – sindical articuladas aos processos formativos. No segundo Momento foi discutido os caminhos para o fortalecimento institucional e a construção de estratégias de atuação político – sindical para a gestão política, administrativa e financeira articuladas à sustentabilidade político – financeira, apresentado pelo secretário de Finanças da Fetag-BA, Zé Doutor, e sua equipe.

oficina_financeira1O encontro faz parte das ações do Plano Sustentar que está sendo elaborado pelo movimento sindical com coordenação da Contag como forma de possibilitar o fortalecimento do MSTTR (Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais). Ele é uma das estratégias do Plano Nacional de Fortalecimento das Entidades Sindicais (PNFES). O Plano está estruturado em três eixos que formam um tripé, permitindo a busca do objetivo. Articulados entre si, os eixos são: Gestão Administrativa e Financeira, Formação e Comunicação. As ações estratégicas para a Gestão Administrativa e Financeira contribuirá para uma gestão democrática, transparente e participativa fortalecendo as estratégias de arrecadação, a Formação e seus Processos Formativos possibilitarão qualificar a ação político – sindical, potencializando a construção de alternativas de enfrentamento e transformação social e a Comunicação promoverá o diálogo e potencializará a mobilização entre a base e as entidades. A articulação destes três eixos reforça e potencializa as ações estratégicas definidas para cada um deles, permitindo, assim, a implementação e desenvolvimento do Plano.

A oficina continua nesta quarta-feira(12), com um aprofundamento temático sobre a sustentabilidade político – financeira – potencialidades e desafios para a gestão política, administrativa e financeira.

Fetag-BA

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.