Sidebar

20
Seg, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura da Bahia (Fetag-BA) encerra nesta sexta-feira 11 a sua Plenária Estadual Preparatória, evento que acontece no Centro de Treinamento da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), em Salvador, com a participação de 200 delegados de sindicatos de trabalhadores e trabalhadoras filiados à Federação.

A plenária tem por objetivo debater o documento base e analisar as modificações ocorridas na conjuntura estadual da situação de trabalho e na vida da categoria a partir do 11° Congresso Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – 11° CNTTR, realizado em Brasília – DF no período de 04 a 08 de março de 2013.

Na manhã da quinta-feira 10, o encontro foi marcado pela solenidade de abertura com a presença de toda diretoria da Fetag; do secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues; do secretário de Finanças e Administração da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides dos Santos; de Gilmar Bonfim, da Coordenação de Projetos Especiais (CAR); da chefe de gabinete da secretaria de políticas públicas para as mulheres da Bahia (SPM-BA), Carla Ramos; e do assessor operacional de políticas públicas da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Marcos Vinícius.

O presidente da Fetag, Cláudio Bastos, além de pontuar os objetivos do evento, parabenizou os 52 anos de aniversário da Federação, destacando a importância das lutas e das bandeiras históricas levantadas em toda sua trajetória, o comprometimento e toda a equipe e a combatividade de dois dirigentes que representam essa história: José Antônio (Zé Doutor) e Josefa Rita (Zefinha).

A programação da tarde foi mediada pelo secretário de Finanças da Fetag-BA, José Antônio, e iniciou com a apresentação de dois temas: a conjuntura atual da situação de trabalho na vida da categoria dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e o Plano Sustentar, apresentado pelo secretário de Finanças e Administração da Contag, Aristides dos Santos.

Plano Sustentar

O Plano Sustentar foi elaborado pelo movimento sindical com coordenação da Contag como forma de possibilitar o fortalecimento do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR). Ele é uma das estratégias do Plano Nacional de Fortalecimento das Entidades Sindicais (PNFES).

O Plano está estruturado em três eixos que formam um tripé, permitindo a busca do objetivo. Articulados entre si, os eixos são: Gestão Administrativa e Financeira, Formação e Comunicação. “É importante destacar o papel da cada eixo e como estes se articulam. As ações estratégicas para a Gestão Administrativa e Financeira contribuirá para uma gestão democrática, transparente e participativa fortalecendo as estratégias de arrecadação, a Formação e seus Processos Formativos possibilitarão qualificar a ação político – sindical, potencializando a construção de alternativas de enfrentamento e transformação social e a Comunicação promoverá o diálogo e potencializará a mobilização entre a base e as entidades. A articulação destes três eixos reforça e potencializa as ações estratégicas definidas para cada um deles, permitindo, assim, a implementação e desenvolvimento do Plano Sustentar,” destaca o documento. 

Fonte: Fetag-BA

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais