Sidebar

20
Sáb, Jul

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Os agricultores familiares e assentados da reforma agrária e beneficiários do crédito fundiário inadimplentes em 30 de dezembro de 2013 em financiamentos do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) - contratados até 31 de dezembro de 2010 – têm até o próximo dia 30 de junho para renegociarem suas dívidas. O prazo vale para os beneficiários do Pronaf dos grupo A e A/C. A liquidação dessas dívidas terá um rebate de 80% sobre o total do saldo devedor atualizado.

“Porém, para isso, é preciso que os beneficiados paguem 20% do saldo total da dívida”, salienta o secretário de Política Agrícola da Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Paraná (fetaep), Marcos Brambilla, embasado na resolução 4298 do Banco Central do Brasil e na decisão do Conselho Monetário Nacional.

Para a Fetap a possibilidade de negociação representa uma vantagem ao agricultor e à agricultora pelo fato de poderem regularizar sua situação perante o agente financeiro. “Só assim poderão voltar a operar o crédito rural para o desenvolvimento de futuros projetos na propriedade”, ressalta.

Portanto, atenção! Faltam menos de 10 dias. Procure sua agência bancária.

Dados

No Paraná, até abril deste ano, 2369 agricultores incluídos na resolução foram ao banco e liquidaram as operações. Entretanto, ainda restam mais de 6000 agricultores paranaenses que precisam formalizar a renegociação.


O Pronaf A E A/C são linhas de créditos destinadas aos agricultores familiares assentados pelo Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA) ou beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Os recursos devem ser destinados a atividades agropecuárias e não-agropecuárias com vistas à melhoria da propriedade rural.

Fonte: Fetaep

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.