Sidebar

22
Seg, Jul

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Representantes das Federações de Trabalhadores Rurais de todo o país reúnem nesta segunda-feira (27) na sede da Contag, em Brasília-DF, para a realização dos Coletivos de Política Agrícola e Meio Ambiente, Juventude Rural, Assalariados Rurais, Finanças e Administração, Formação e Organização Sindical e Mulheres Trabalhadoras Rurais.

Durante a abertura do evento, que segue até quarta-feira (29), o presidente da Contag, Alberto Broch, destacou que essa será uma intensa semana de luta e discussão, pois logo depois do encontro das Fetags, começa o Conselho Deliberativo da Contag.

“Vamos continuar nosso trabalho duro, pois muita gente espera muito de nós. Representamos os interesses de milhões de agricultores e agricultoras familiares em todo o país. Vamos seguir unidos para fortalecer ainda mais nossa representatividade diante da nossa base de atuação”, afirmou Alberto.

Coletivos de Política Agrícola e de Meio Ambiente

Os Coletivos de Política Agrícola e de Meio Ambiente acontecem simultaneamente e reúnem cerca de 60 dirigentes. O secretário de Política Agrícola da Contag, David Wylkerson, destaca o Cooperativismo e a Agroindustrialização pela Agricultura Familiar, tema de uma mesa que será realizada na quarta-feira, como um dos principais assuntos a ser discutido no Coletivo.

“O objetivo maior é organizar os agricultores familiares para o cooperativismo para melhorar e consolidar a renda e a organização da produção”, afirma o secretário. No que diz respeito ao Meio Ambiente, os principais temas abordados serão as consequências da mudança climática na agricultura e também a publicação de Edita para o Cadastro Ambiental Rural entre a Caixa Econômica e o Ministério do Meio Ambiente.

Formação e Organização Sindical

No Coletivo de Organização e Formação Sindical, acontece um profundo debate sobre representação e representatividade com foco na dissociação dos assalariados rurais no atual cenário nacional do sistema Contag.

Os agricultores também debatem a alteração estatutária da Confederação, que deve ser a maior dos últimos 30 anos do Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais.
No que se refere à Formação Sindical o momento é de avaliar os Curso Regionais da Enfoc que têm como objetivo principal, viabilizar a formação de militantes do MSTTR, de modo a aprimorar sua capacidade multiplicadora criativa e potencializadora da ação formativa em suas áreas de atuação militante.

Assim como um olhar especial sobre a Oficina Regional de Redes de Educadores Populares que metodologicamente foi pensada pela equipe da Escola Nacional como um lugar para refletir sobre os avanços e desafios para o fortalecimento da Formação Sindical.

Finanças e Administração

Na reunião do Coletivo de Finanças os dirigentes aprofundam o debate sobre a Contribuição Sindical Rural dos Agricultores e Agricultoras Familiares.

Já dentro do Plano Sustentar, está sendo feita uma discussão sobre as ações estratégicas para a implementação do Plano Sustentar na Contag e Federações e debate sobre o Seguro Vida e Assistência Funeral. Vale ressaltar que o contrato do Seguro Vida vai garantir Seguro por Morte Acidental e Serviço de Assistência Funeral aos associados dos sindicatos filiados à Contag que aderirem ao contrato.

O contrato foi assinado no dia 22 de julho, na sede da Pan Seguros, em São Paulo (SP), pelo presidente da Contag, Alberto Broch, pelo secretário de Administração e Finanças da Contag, Aristides Santos, pelo presidente da Pan Seguros, José Carlos Macedo e pelas corretoras THB, ZRZ e Exata, representadas por Giancarlo Cristini.

Ainda marca o Coletivo uma avaliação das ações formativas do Convênio Senar (Oficinas estaduais de auto formação em gestão administrativa e financeira).

Juventude Rural

Aqui o debate gira em torno das demandas e estratégias da Juventude Rural para o Plano Nacional de Juventude e Sucessão rural; Informações sobre o Projeto e as demandas para a realização dos Encontros Regionais como meta em definir o calendário e programação dos Encontros.

Outro foco da reunião é o debate sobre as estratégias da mobilização e visibilidade das Jovens na Marcha das Margaridas e avaliação do 3º Festival da Juventude Rural, que reuniu cinco mil jovens trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o Brasil, e também delegações de 10 países da América Latina, por quatro dias em Brasília. Um espaço formativo, propositivo e de valorização da cultura e do esporte, de troca de experiências, de fortalecimento da identidade juvenil, sindical e de integração da juventude rural latino-americana.

Coletivo de Assalariados Rurais

O Coletivo de Assalariados e Assalariadas rurais reuniu os agricultores para tratar de diversos temas. O secretário da pasta, Elias D’Ângelo Borges, afirma que durante o coletivo será realizada a avaliação do trabalho realizado nos primeiros seis meses de 2015 e o planejamento dos próximos meses do ano.

Coletivo de Mulheres Trabalhadoras Rurais

A Comissão Nacional de Mulheres da Contag está reunida no Coletivo de Mulheres com o objetivo de trabalhar nos encaminhamentos finais da preparação da 5ª Marcha das Margaridas. “Vamos discutir os últimos pontos e acertar questões políticas, além de redobrar os esforços para a organização da Marcha”, afirmou a secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais, Alessandra Lunas.

Fonte: Contag

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.