Sidebar

19
Dom, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Após dois dias de discussões entre o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STR), representantes das turmas dos cortadores de cana safra 2016 e a empresa Agrovale, os trabalhadores conquistaram reajuste salarial de 10,16% sobre os preços da tonelada. O índice foi aprovado, por unanimidade, em assembleia geral realizada na manhã desta segunda-feira (20).

Estiveram presentes na assembleia o vereador Agnaldo Meira, o presidente do Sindicato Emerson José, o Mitú; e José Manoel, Zezinho - secretário de Assalariados. "Esse resultado é uma conquista muito grande para categoria, pois o país passa por um momento de dificuldade. Grande parte das categorias da região têm fechado os Acordos Coletivos (AC) abaixo da inflação, que foi de 9,32%. Enquanto nós fechamos com 10,16%. Ou seja, um ganho real significativo, que representa uma imensa vitória para os 1050 cortadores da Agrovale”, avaliou Mitú.

Para o dirigente, o saldo positivo é resultado da parceria entre o STR e a categoria. “Com certeza essa vitória é resultado de um trabalho e da parceria com a categoria. Nunca fechamos uma campanha sem ganho real”, comemorou o líder sindical.

Mitú finalizou revelando que no mês de abril a cidade de Juazeiro, inclusive, se destacou como a cidade que mais emprego criou no Brasil. “A agricultura irrigada, no caso da Agrovale, cooperou, e muito, para esse resultado. Mais de 90% corresponde ao setor sucroalcooleiro”, analisou.

As discussões em mesa de negociação ocorreram nos dias 14 e 15 de junho de 2016.

Portal CTB - Cinthia Ribas

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais