Sidebar

20
Sáb, Jul

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O Tema para este ano é “Desenvolvimento com qualidade de vida à família da agricultura familiar”. A Pauta da Fetaesc (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina) e Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras rurais filiados elenca, como em anos anteriores, prioridades nas diversas áreas do setor agrícola catarinense ligados a agricultura familiar.

Depois da reunião com o Conselho Político da Fetaesc na sede da federação na manhã dessa terça-feira (05/05) que definiu e alinhou estratégias para o Grito da Terra Brasil – Etapa Santa Catarina, que será realizado no dia 21 de maio em Florianópolis, o grupo de deslocou até a sede administrativa do governo onde foi recebido a tarde pelo Governador Raimundo Colombo.
O Presidente da Fetaesc, José Walter Dresch, acompanhou as lideranças sindicais de todo o estado que compõe o Conselho Político da federação e que com outros diretores instituição, entregou em mãos ao governador a pauta deste ano. Temos uma pauta enxuta, que envolve acessos às propriedades, creches no meio rural, questões de segurança, de energia elétrica e de acesso à internet. Questões que garantem que as famílias do meio rural tenham um tratamento se não igual, pelo menos parecido com as do meio urbano. Até o dia 21, esperamos as respostas para os encaminhamentos do dia de hoje”, explicou o presidnete da Fetaesc.

“A Fetaesc coordena com qualidade um trabalho de apoio a todos os agricultores, principalmente os menores. Ao longo dos anos, construímos uma parceria que tem trazido bons resultados. Todo ano esse evento se repete, como novas demandas. São coisas simples, para pessoas simples, que trabalham muito e merecem a atenção do Estado. E com o movimento coordenado desta forma, temos condições de garantir um resultado melhor”, afirmou o governador Raimundo Colombo.

Contempla a pauta de reivindicações itens da Política Agrícola e Agrária, Infraestrutura, Saúde, Social, Meio Ambiente, Educação e Segurança.

Dados

Santa Catarina tem 190 mil propriedades rurais, destas 95% têm menos do que 50 ha. Segundo dados da ACATE – Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia, edição agronegócios, anuário 2014, 6% do total do PIB de Santa Catarina é oriundo da agropecuária e 60,7% de tudo o que é exportado são provenientes das atividades ligadas à agropecuária. Em relação a postos de trabalhos, 2,1 milhões são gerados pelas atividades agrícolas, pecuária, extrativismo vegetal e pesca. Atualmente 1,06 milhão, ou 16% da população de Santa Catarina vive no meio rural, sendo que a maior proporcionalidade esta na região oeste com 28%, seguido pela região sul 19%, serrana 18%, norte e vale do Itajaí com 12%.

Fonte: Fetaesc

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.