Sidebar

10
Seg, Dez

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

 

Durante este II Módulo, elas se dedicam debater e analisar o Brasil que sai das urnas em 2018, reconhecendo os desafios que se colocam à vida e a luta das mulheres do campo da floresta e das águas; Compreender as bases do desenvolvimento rural sustentável e solidário e como se expressa na Plataforma Política da Marcha das Margaridas; Aprofundar o debate sobre desenvolvimento rural sustentável e solidário com perspectiva de gênero, que fortaleça e qualifique a atuação do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais na disputa por um projeto de sociedade feminista, popular e agroecológico; Compreender a centralidade das bandeiras de luta do direito a terra, água, agroecologia, a soberania alimentar, a autonomia econômica trabalho e renda, para o projeto de desenvolvimento anunciado pelas mulheres do campo, da floresta e das águas através dos eixos da Marcha das Margaridas; e Fortalecer os processos de multiplicação criativa integrado às estratégias de mobilização e debate da Marcha das Margaridas 2019.
 
“Mulheres do Nordeste, do Norte, do Sul, do Centro-Oeste e do Sudeste, é momento de olharmos para o Brasil que saiu das urnas, para o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS) e para a Marcha das Margaridas 2019... A partir deste olhar reflexivo e das nossas análises, vamos planejar e traçar estratégias de defesa dos nossos direitos. Seguiremo firmes e unidas na realização deste módulo e também na construção e mobilização #RumoaMarchadasMargaridas2019”, ressaltou a secretária de Mulheres da CONTAG, Mazé Morais, na abertura do módulo.
 
SAIBA MAIS SOBRE A MARCHA DAS MARGARIDAS AQUI
 
Secretária de Mulheres da CONTAG - Mazé Morais
 
Após ressaltar o papel histórico das mulheres no fortalecimento do Sistema CONTAG, o presidente da Confederação, Aristides Santos, destacou que: “diante da atual conjuntura, as educandas do Curso Nacional de Formação têm a missão de ajudar a CONTAG, Federações e Sindicatos lutarem pela valorização das mulheres e dos diversos sujeitos do campo. Um caminho que perpassa pela reorganização de base, a retomada da democracia e a defesa de direitos e, a não criminalização das organizações sociais e sindical”.
 
Presidente da CONTAG - Arisrides Santos
 
Além do presidente e da secretária de Mulheres da CONTAG, também estiveram representando a Confederação na abertura do módulo, o vice-presidente e secretário de Relações Internacionais, Alberto Ercílio Broch; e as secretárias da Confederação: da Secretaria Geral, Thaisa Daine; de Políticas Sociais, Edjane Rodrigues; de Meio Ambiente, Rosmari Malheiros; de Terceita Idade, Josefa Rita da Silva (Zefinha); e de Jovens, Mônica Bufon. 
 
Vice-Presidente e Secretário de Relações Internacionais da CONTAG - Alberto Ercílio Broch
 
 Secretária Geral da CONTAG - Thaisa Daiane
 
Secretária de Polítcas Sociais da CONTAG -Edjane Rodrigues
 
Secretária de Meio Ambiente da CONTAG - Rosmari Malheiros
 
Secretária de Jovens da CONTAG - Mônica Bufon
 
Secretária de Terceira Idade da CONTAG - Josefa Rita da Silva (Zefinha) 

Fonte: CONTAG

 

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015