Sidebar

19
Dom, Maio

Rurais
Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A cerca de um mês para o Dia Internacional da Mulher (8 de março), trabalhadoras rurais e agricultoras familiares de todo o Brasil vêm realizando atos que dialogam com o tema apontado pela Comissão Nacional de Mulheres da CONTAG e parceiras da Marcha, “Margaridas na Luta por  Democracia e Garantia de Direitos”.

Uma dessas ações de mobilização veio lá do Pará, onde as margaridas do Marajó convocaram toda a região para construir os processos de base da Marcha como um espaço estratégico de denúncia dos retrocessos, de retomada da democracia e de garantia das políticas públicas para as mulheres.

“É momento de mobilização das companheiras do Marajó para o lançamento da Marcha das Margaridas Estadual 2018, para assim seguirmos na luta pelo empoderamento das mulheres e pela garantia da paridade, tanto no espaço político sindical (Sindicatos, Federações e na CONTAG), bem como em outros espaços externos (Executivo, Legislativo e etc). É um momento histórico de resistência e luta pelas mulheres da nossa região, do Pará e do Brasil”.  Destacou a secretária de mulheres da Federação do Pará, Camila Castro.

O ato aconteceu durante o III Seminário Regional das ilhas do Marajó, realizado nos dias 30 e 31 de janeiro, e 1º de fevereiro, em Curralinho-PA, com a participação de 10 sindicatos, somando um total de 200 pessoas, entre diretores(as) dos sindicatos, lideranças comunitárias e presidentes(as) de Associações. Vale ressaltar que desde total, 60% foram jovens, sendo mais de 50% mulheres.

Fórum da Água 

Outro momento que marcou o Seminário foi a convocatória para o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), que acontecerá nos dias 17 a 22 de março de 2018, em Brasília. Através de passeata e barqueata, os(as) participantes do Seminário manifestaram a indignação do povo nortista e brasileiro no que se refere a privatização das Águas do Marajó, da Amazônia e do Brasil. 

Além de ter sido amplamente divulgado através de uma transmissão simultânea da Rádio Educadora de São João, o Seminário também teve uma Oficina de Comunicação, pois para a Federação do Pará, a Política de Comunicação do MSTTR é fundamental no seu processo formativo e de conquista dos direitos dos povos do campo, da floresta e das águas.

O Seminário é uma das atividades do projeto de Formação da Federação do Pará (FETAGRI-PA) que tem como objetivo organizar a base através da Reforma Agrária, da Organização Sindical e da Sustentabilidade Política Financeira do MSTTR

Contag - Barack Fernandes
0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.

Conferência Nacional

banner cndr 2015

Últimas notícias rurais