Sidebar

27
Seg, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) transmite suas sinceras condolências às famílias, ao movimento sindical, aos trabalhadores e ao povo hondurenho pelo assassinado dos companheiros Jairo Sánchez e Eliseo Hernández Juarez, na luta contra o golpe de Estado perpetrado pelas forças armadas reacionárias e sanguinárias de Honduras, que com seus fuzis e baionetas querem calar o povo para se perpetuar no poder.

A morte desses companheiros enlutou o movimento sindical de todo o mundo, pois suas vidas foram dedicadas em defesa dos direitos dos trabalhadores e da democracia, e seus heróicos exemplos de vida e seus brados pela liberdade continuarão vivos nos corações de todos que defendem uma sociedade justa e igualitária.

Jairo Sánches e Eliseo Hernándes deixaram a vida, mas seus heróicos exemplos estarão sempre presentes na batalha da luta de classe, cujos caminhos penosos continuaremos percorrendo com mesma dedicação e espírito classista em defesa das liberdades democráticas em Honduras.

Por tudo que estes mártires representaram para a classe operária, é que a CTB registra sua homenagem e tristeza por estas grandes perdas, reivindicando a imediata punição dos assassinos e dos golpistas neofacistas.

Isso demonstra a necessidade da imediata volta do presidente eleito democraticamente, Manuel Zelaia, ao poder.

Saudações da CTB, que sempre estará junto ao povo hondurenho na trincheira de luta em defesa dos trabalhadores, da democracia e da justiça social.
Não ao golpe em Honduras!

Pela restituição imediata do presidente Zelaia!


Wagner Gomes – Presidente da CTB Nacional

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.