Sidebar

18
Qui, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

É notícia grave: com este novo Congresso, entramos nos tempos mais conservadores das últimas décadas. Os episódios passados já mostraram que isso pode causar todo tipo de dano à nossa jovem democracria.

Foi pensando nisso que o Portal CTB foi rearticulado para dar sua participação nas eleições: em conjunto com o jornal Olho Crítico, fizemos um raio-x desta nova realidade, sempre do ponto de vista popular, e procuramos mostrar a dicotomia que se estabeleceu nesse páreo Dilma vs. Aécio. O que se desenha aqui é um quadro comparativo entre essas duas propostas de país - a deles, que querem usá-lo como ferramenta dos grupos do capital, e a nossa, que retoma a construção de uma sociedade com mais justiça social.

A escolha que se apresenta não poderia ser mais dramática. A direita eleita até aqui não é só a elite neoliberal que vai esfolar quem não é rico, mas um grupo que une o marketing da "política decente", o moralismo e o pensamento antipartidário como plataforma de campanha. São a reembalagem do discurso alienante de que "todos os políticos são a mesma coisa", e venceram insuflando o cinismo crescente no país.

Se Aécio vencer, o projeto contra a pobreza vai pelo ralo. Observando sua equipe econômica e seus aliados, fica claro que a sabotagem dos direitos dos trabalhadores e a marginalização das minorias serão consequências de sua vitória.

Este é o momento em que a participação popular se mostra essencial. Temos a chance de dizer “não” para os tucanos no domingo, e devemos manter firme o comprometimento com uma nação mais democrática. Nesse panorama, o trabalho feito pela CTB é o de convocar os cidadãos para eliminar a ameaça a tempo - para nós e para todos.

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.