Sidebar

18
Sex, Jan

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Após cinco dias de intensas atividades terminaram, nesta sexta-feira (24), os cursos nacionais promovidos pelo Centro de Estudos Sindicais (CES), em parceria com a CTB, de Gestão Sindical e Formação de Formadores.

No último dia do curso, os participantes fizeram uma avaliação do encontro e prestigiaram a mesa de encerramento que contou com a presença do presidente da CTB, Adilson Araújo, do presidente da seção estadual da Central em São Paulo, Onofre Gonçalves e do secretário-geral da CTB-SP, Paulo Nobre.

A secretária de Formação e Cultura da CTB, Celina Âreas, que coordenou a mesa, destacou a importância do convênio estabelecido entre a Central e o Centro de Estudos Sindicais. Ela lembrou que Adilson foi aluno do CES. “Com certeza ele irá fortalecer a formação que é fundamental para os trabalhadores”, disse.

Neste sentido, Adilson ressaltou que a formação é essencial para permitir uma prática sindical diferenciada e aproveitou para anunciar que no próximo mês de março pretende inaugurar uma Escola Nacional de Formação com cursos de idiomas.

“Rolezinho” nas Fábricas

adilson fala 2“Vamos fazer “rolezinhos” nas fábricas”, disse em alusão ao movimento de jovens das periferias que estão ocupando os Shoppings como alternativa de cultura e de entretenimento.

Para ele existe a necessidade da CTB se aproximar mais dos trabalhadores e por este motivo iniciou-se a campanha que tem como slogan “Vista essa camisa, venha para a CTB”, que pretende ir às portas das fábricas e divulgar as ações da Central Sindical para a classe trabalhadora.

O cetebista também fez questão de informar aos cursistas sobre o projeto CORAL (Centro de Organização, Apoio e Logística) que é uma ferramenta de apoio às entidades sindicais. A iniciativa foi lançada oficialmente na última terça (21). (Clique aqui e conheça o projeto).

Homenagem

Adilson também sugeriu que as atividades fossem dedicadas ao dirigente sindical do País Basco, Igor Urrutikoetxea, que morreu após sofrer um afogamento no Rio de Janeiro no fim de 2013. A proposta foi aderida por unanimidade. No último sábado (18), delegações do mundo todo reuniram-se na cidade natal dele para prestar uma homenagem.  

No encerramento dos cursos, o coordenador técnico do CES, Augusto Petta, destacou a importância de que cada um leve para seu respectivo estado o aprendizado que lhes foi proporcionado e aproveitou para convidar os participantes para os próximos encontros. 

ces todos ok

Para saber outras informações sobre os cursos do CES acesse o site e Facebook.

Érika Ceconi - Portal CTB
Fotos: Thatiane Ferrari – CES

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.