Sidebar

26
Qua, Jun

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
Dois episódios ocorridos este mês aumentaram as preocupações das entidades dos movimentos sociais com a realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom). Além do corte de verbas no orçamento da Conferência, a reunião da Comissão Organizadora Nacional da Confecom, prevista para o dia 9 de julho, foi adiada.


Após os dois episódios, circularam na imprensa versões de que, em função do atraso no calendário, da falta de verbas e mesmo da resistência dos empresários da radiodifusão, a Conferência - com etapa nacional marcada para os dias 1º a 3 de dezembro, em Brasília – pode ser adiada ou mesmo suspensa.


Dias depois, o Presidente Lula garantiu os recursos para a realização do evento (Lula garante verba para Conferência Nacional de Comunicação) e foi marcada para esta quarta-feira (22), no Ministério das Comunicações, a reunião da Comissão Organizadora, que vai finalizar a redação da minuta do regimento interno, permitindo o início das etapas municipais, intermunicipais e estaduais da Conferência.


Em Nota Pública, a Comissão Nacional Pró-Conferência de Comunicação, composto por 36 entidades nacionais da sociedade civil, diz que continuará a mobilização pela realização da Conferência de Comunicação. O Movimento Nacional diz que “sempre se disponibilizou para a construção da Conferência e tem respeitado os diferentes pontos de vista existentes sobre o tema, ressaltando ainda que a Conferência deve ser realizada de forma democrática e plural e repudia qualquer posicionamento ou ação que restrinja ou retarde sua realização.”


A 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) será um marco para o Brasil por reunir diferentes setores da sociedade na discussão sobre os rumos da Comunicação no país. A Conferência vai acontecer nos dias 1°, 2 e 3 de dezembro, em Brasília.

Portal Vermelho



0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.