Sidebar

21
Qui, Mar

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
A comunidade montenegrina, de Taquari, realizou a primeira Conferência Municipal de Comunicação, com o tema "Comunicação: meios para construção de direitos e de Cidadania na era digital".

O evento aconteceu durante toda a manhã de ontem, no Cinema, e expressou a necessidade de se criar políticas públicas para democratizar o setor. "Precisamos de um acesso mais amplo a todas essas formas de expressão", destaca Joemir de Oliveira, presidente do Sindicato dos Comerciários, uma das entidades promotoras da atividade, além da Prefeitura.

A instalação de pontos de banda larga comunitária, bem como de rádios que sigam esse mesmo modelo, além do papel das tevês públicas, sistemas de financiamento, imagem da mulher na mídia e criação de redes alternativas que abram espaço às ações da comunidade foram alguns dos pontos levantados.

Foi deliberada a criação imediata de um Fórum permanente de discussão, bem como o envio, ao Poder Executivo, da proposta de criação de um projeto de lei que institua um Conselho municipal de comunicação.

O encontro serviu de preparação a essa conferência, que deve acontecer em Brasília no início de dezembro. Já a Conferência Estadual, em Porto Alegre,  foi transferida para os dias 17 e 18 de novembro e reunirá os pontos elencados pelas reuniões municipais.

Em Montenegro, nesta quinta-feira, os palestrantes foram o coordenador da POATV, Oscar Plentz, a coordenadora regional da Marcha Mundial das Mulheres, Simone Scheffer, e o coordenador de imprensa da Central Única das Favelas (Cufa), Rogério Santos.

Com informações do Sindicato de Empregados em Comércio de Taquari

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.