Sidebar

19
Sex, Jul

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), recebeu na tarde da última terça-feira (18) as representantes do Fórum de Mulheres das Centrais Sindicais, em Brasília.

Representando as mulheres trabalhadoras estiveram presentes Maria Antonia Magalhães (Força Sindical), Cássia Bufelli (UGT), Vera Lúcia Gorron (CGTB), Márcia Viotto (CTB) e Sônia Zefirino (Nova Central). A secretária de Avaliação de Políticas e Autonomia Econômica das Mulheres (SPM), Tatau Godinho, também participou da reunião.

DSC01741

No encontro, as lideranças discutiram mecanismos voltados para a equidade de gênero, a exemplo do Projeto de Lei da Igualdade, que prevê a criação de mecanismos para a igualdade  entre homens e mulheres no mundo do trabalho a (PL 6653/2009), de autoria da deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA) que tem como relatora Iriny Lopes (ex ministra), que no último mês de junho, tentou colocar o projeto em votação, porém não obteve êxito, portanto o projeto de lei encontra-se parado na câmara dos deputados.

Da mesma forma está o PLS 136, do deputado Inácio Arruda (PCdoB-CE) que foi apensado ao PLC130 (Projeto de Lei Complementar) com parecer favorável do deputado Romero Jucá ,também está parado no senado.

Já a ministra Eleonora Menicucci ao ser indagada a respeito do compromisso da SPM e do governo perante a aprovação de um lei que garanta a igualdade entre homens e mulheres no mundo trabalho, manifestou seu inteiro apoio e sua disposição nesta parceria para construir a maioria para aprovação na câmara.

A ministra propôs a rearticulação do Fórum de discussão e trabalho com todas centrais sindicais, e delegou a secretária de Avaliação de Políticas e Autonomia Econômica das Mulheres da SPM, Tatau Godinho, para essa tarefa, logo após o período eleitoral e também a acompanhar a tramitação nas duas casas (Câmara e Senado).

Foto: Ascom/SPM

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.