Sidebar

26
Dom, Maio

Fonte
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O ato Mulheres pela Democracia acontece na Praça Roosevelt, centro da capital paulista, na terça-feira (5), a partir das 17h. “A CTB vai com força total para fortalecer a luta das mulheres por igualdade e mais direitos”, afirma Gicélia Bitencourt, secretária da Mulher da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em São Paulo (CTB-SP).

gicelia

Gicélia quer mais democracia para vida melhorar para todas e todos

Isso porque “a mulher não tem condição de viver sem democracia. É como um peixe fora d’água”, diz Ivânia Pereira, secretária da Mulher Trabalhadora da CTB.

Ivânia realça a importância de todos os setores progressistas da sociedade se manifestarem nas ruas na conjuntura de tentativa de golpe no país. Para ela, a democracia é fundamental para “a mulher ser enxergada pela sociedade como dona de seu próprio nariz e assim possa dar os rumos que lhe forem convenientes na vida”.

De acordo com ela, “quanto mais mulheres tivermos participando das decisões da vida do país, da sociedade, da política, da economia, enfim de tudo o que interessa para melhorar a vida das pessoas, mais respeito as mulheres terão e isso só acontece na democracia”.

mulher pela democracia sp

Já Gicélia acentua que “um país sem democracia é um país sem condições de entender a real necessidade do povo porque seu governante não tem uma visão da necessidade humana das pessoas e as mulheres, que ainda são discriminadas, perdem muito mais”.

“Neste momento, grupos econômicos poderosos nacionais e estrangeiros ameaçam usurpar o Estado brasileiro através de um golpe midiático-jurídico e isso prejudicaria imensamente a vida das mulheres, principalmente mulheres negras das periferias e de seus filhos e filhas”, diz Gicélia.

Para Ivânia, as questões de gênero são determinadas em uma sociedade capitalista pela relação da propriedade privada com o machismo, forjada secularmente. “Quanto mais liberdade tivermos, mais podemos conquistar avanços importantes para a construção de uma sociedade perene e humana”.

Ivania mais mulheres na politica

Ivânia defende uma sociedade mais humana com igualdade de direitos

Enquanto Gicélia realça que as “mulheres do campo, da cidade, da floresta e das águas querem a saída do Cunha (presidente da Câmara dos Deputados) já, porque ele é representante dos setores mais atrasados da sociedade para os direitos das mulheres também para o Brasil”.

Serviço

O que: Mulheres pela Democracia

Onde: Praça Roosevelt, centro, São Paulo

Quando: Terça-feira (5), a partir das 17h

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB

0
0
0
s2sdefault

Quer saber o que acontece no movimento sindical e no mundo do trabalho?

Digite seu nome e e-mail para receber gratuitamente nosso informativo.